Gerenciamento de Resíduos

A Comissão de Gerenciamento de Resíduos foi criada em 2003; é uma Comissão multiprofissional, instituída por Portaria e com regimento aprovado. É um órgão de assessoria da Diretoria de Corpo Clínico e tem por finalidade a definição das ações que visem à implantação, implementação e manutenção do PGRSS-Programa de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde, neste panorama, os resíduos são geridos de modo a reduzir a sua produção, visando à preservação e proteção da saúde pública, dos recursos naturais e do trabalhador.

 

Além das  atividades operacionais, uma conquista registrada pela Comissão foi a aprovação pela Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia (SETI), do projeto “Segregação de Resíduos de Serviços de Saúde no Hospital de Clínicas da UFPR” onde em 2009 foi concluído o recebimento de 3202 lixeiras e 70 contentores para armazenamento temporário de resíduos. A renovação das lixeiras trás impacto positivo para o Programa de Gerenciamento de Resíduos facilitando a identificação visual das mesmas reforçando a importância da segregação adequada dos resíduos. Aliada a esta mudança ocorreu a reforma do abrigo externo de resíduos, com áreas separadas para os resíduos infectantes e comuns, através de parede divisória e ampliação para acondicionamento dos resíduos recicláveis. 

 

Em 2009, a Comissão promoveu diversas capacitações para as Unidades Funcionais e comunidade interna do HC, atingindo 97% dos locais de trabalho além de aula ministrada aos alunos do curso de enfermagem da UFPR, levando informações sobre o gerenciamento de resíduos para um total de 2.089 pessoas.

 

Apresentação de Pôster no IX Qualihosp – Congresso Internacional de Qualidade em Serviços de Saúde, realizado em São Paulo, sendo o trabalho selecionado entre os 50 melhores e publicado no livro de resumos um paper expandido.

A Comissão teve atuação efetiva no acompanhamento da tramitação de contratos para coleta, tratamento, transporte e destinação final de resíduos.  Participou das negociações junto a Secretaria Municipal de Meio Ambiente quanto a responsabilidade do Hospital em contratar empresa para coleta, transporte e destino final dos resíduos comuns. Tendo registrado em 2009 o encaminhamento de 161.057,21 quilos de resíduos infectantes e perfurocortantes para autoclavação; 13.188,19 quilos de resíduos químicos para inicineração; encaminhamento para reciclagem de 810 litros de óleo de cozinha usado pela Unidade de Nutrição e Dietética, com retorno em forma de sabão em pasta e detergente. Doação de aproximadamente 85.000 quilos materiais recicláveis para associação de catadores, atendendo o Decreto Federal 5.940/06.

 

>> 17-18/10 - HC recebe placa de reconhecimento no VII Seminário Hospitais Saudáveis


Anexos: